vBulletin stats
Os 10 melhores clipes internacionais de 2011 | Rock 'n' Beats

Os 10 melhores clipes internacionais de 2011

Postado por Ana Clara Matta. Posted in Clipe, Destaque, Listas, Melhores de 2011

Tags:

Publicado em 12 dezembro, 2011 - 4 Comentários

O mesmo fim de ano que inaugura a temporada de listas em toda a mídia é o marco inicial no qual os tapetes vermelhos do cinema se estendem. Então, nada mais apropriado, em tempos de Oscar, Globos de Ouro e SAGs do que premiar aqueles pequenos filmes que acompanham suas músicas favoritas, e que ao invés de ganhar as telas de cinema, já perdem espaço na tela da tv, ficando restritos àquelas abas que abrimos no navegador, nas quais o YouTube funciona como trilha sonora da vida diária.

Em 2011, os clipes não deixaram nada a desejar, e a seleção presente aqui é digna de um festival de cinema. Do drama à comédia, do subjetivo ao documental, das fitas de VHS às maiores tecnologias de fotografia e edição, de um elenco de amadores e músicos até aqueles tão repletos de estrelas quanto uma comédia romântica de fim de ano, todos estão representados na nossa lista de melhores clipes do ano. Então prepare seus trajes de gala, pois o nosso Oscar de clipes acaba de começar.

10 – Manchester Orchestra – Simple Math

Alguns instantes antes de morrer, sua vida inteira passa diante de seus olhos. Essa velha máxima (que ninguém tem a chance de comprovar) é o que move esse excelente clipe dos norte-americanos do Manchester Orchestra, que equilibra bem o lado emotivo e intimista de uma relação entre pai e filho com um conjunto de efeitos especiais dignos de figurar em qualquer Inception.

9 – Cults – Go Outside

O clipe mais denso do ano chega ao som de uma de suas músicas mais leves, alegres, despretensiosas. Para sua Go Outside, o Cults revisitou um dos momentos mais trágicos da história norte-americana, o massacre de Jonestown. Em seus 4 minutos, é impossível não ficar devastado com as imagens reais das vítimas de Jim Jones e sua seita, o People’s Temple.

8- Noel Gallagher’s High Flying Birds – The Death of You and Me

Para inaugurar seu projeto solo, Noel Gallagher não economizou e já liberou uma ótima trilogia de clipes, que juntos, formam o curta de 19 minutos Ride The Tiger. Mas a regra hollywoodiana de sempre também vale aqui: o filme que inaugura a trilogia é sempre o melhor. Em The Death of You and Me, somos apresentados à protagonista que deixaria Lewis Carroll orgulhoso, e vemos a chegada dos forasteiros e sua carruagem. Ainda bem, sem Russell Brand.

7- Foo Fighters – White Limo

Para um álbum gravado em fita, em uma garagem, seu primeiro clipe deveria seguir o mesmo espírito. E foi o que aconteceu. White Limo, primeiro contato que tivemos com o novo álbum do Foo Fighters, Wasting Light, foi realmente impressionante, filmado em VHS, cru, agressivo e com os cinco integrantes reencontrando seus lados teatrais. Atrás do volante da tal limousine branca, que dá título à mais pesada canção de Wasting Light, só poderia figurar uma pessoa: Lemmy Kilmister.

6 – Best Coast – Our Deal

E se West Side Story fosse refilmado por Drew Barrymore, com alguns dos atores jovens mais comentados de Hollywood e com uma trilha caprichada assinada por Bethany Cosentino e seu Best Coast? É essa a estrutura do trágico clipe de Our Deal, que acompanha o casal formado por Chloe Moretz e Tyler Posey e suas gangues, os Day Trotters e Night Creepers.

5- Bon Iver – Holocene

Para uma faixa tão singela, única e paciente como Holocene, um clipe igualmente sutil era necessário. O diretor NABIL conseguiu selecionar elementos, paisagens e detalhes impecáveis, e o contraste entre a paisagem ampla, belíssima e quase lunar da Islândia e o pequeno protagonista, fazem o refrão do destaque do álbum mais recente de Bon Iver ecoar ainda mais forte: “And at once I knew I was not magnificent…”.

4- Beastie Boys – Make Some Noise (Fight For Your Right Revisited)

Eles voltaram para recuperar o posto de campeões dos clipes cômicos, e reforçaram o time com um elenco tão impressionante que não é possível captar todas as participações especiais em apenas uma apreciação. Revisitando o clipe histórico de Fight For Your Right, os Beastie Boys (juntamente com suas versões fictícias do futuro e do passado) agradaram em cheio aos fãs do estilo irreverente do grupo.

3- The Rural Alberta Advantage – Tornado ’87

Um clipe que merecia a atenção até dos festivais de curtas cinematográficos. Dirigido por Scott Cudmore (que também caprichou em um vídeo para o Fucked Up em 2011), o vídeo de Tornado ’87, destaque do álbum Departing do trio canadense The Rural Alberta Advantage, é uma jornada pelas memórias que levam um compositor a desenvolver uma música. Enquanto cenas de um tornado que devastou Alberta, no Canadá, passam pela tela com um ar Tarkovskiano, o grupo é capturado em pleno processo criativo.

2- Foo Fighters – Walk

Antes que existisse a era do OkGo, que dominou as listas recentes de melhores clipes do ano, vivíamos a era do Foo Fighters. Em 2011 o grupo de Dave Grohl voltou para recuperar seu lugar no trono dos videoclipes com 2 obras completamente diferentes. Se em White Limo, nosso 7o lugar, a abordagem foi de baixo orçamento, em Walk o grupo norte-americano resolveu seguir a maior moda da atual Hollywood, o remake, e revisitou o filme “Um dia de fúria”, originalmente estrelado por Michael Douglas. No dia de fúria de Dave Grohl, sobra até pra Coldplay e Justin Bieber.

1 – Radiohead – Lotus Flower

A cada álbum, o Radiohead mostrou uma face diferente. Mas mesmo com tanta inovação e surpresa, poucos fãs seriam capazes de imaginar a face revelada pelo tímido e intelectual Thom Yorke no vídeo de Lotus Flower. O vocalista e sua coreografia pode até não ter sido aprovado por Jacaré, mas conquistou o Rock ‘n’ Beats, e é o novo “pé de valsa” da dança contemporânea e sua máquina de memes, paródias e montagens que conquista o nosso troféu em 2011.

Sobre Ana Clara Matta

Uma soma de todas as músicas que já escutei e todos os filmes aos quais assisti. / @_ana_c

Veja outros artigos de Ana Clara Matta

Comente usando o Facebook!

4 Comentários

Existem atualmente 4 Comentários no Os 10 melhores clipes internacionais de 2011. Deixe seu comentário

  1. Blasfêmia! Radiohead em 1o e Black Keys nem na lista está! O tiozão tem muito mais groove que o sonso do Yorke!!!

    • Concordo com o Alexey Flores. Cadê Lonely Boy na lista?!

    • O clipe do BK é ótimo. Só não esqueça que tem clara influência do Lotus Flower, que saiu lá atrás, em fevereiro! Depois do Yorke dançando freneticamente em Lotus, vieram uma enxurrada de videos no estilo, o do Black Keys, inclusive. Portanto, Lotus Flower “é” o original. Luz perfeita, originalidade, criatividade, ousadia. Chega até a causar desconforto. É imbativel.

  2. Acho que devia ter “Undercover of the darkness” dos Strokes
    Desses aew o que mais curto foi do beastie boys

Deixe seu comentário

RocknBeats